Ativa Naviraí | Notícias, Imagens, Vídeos e Entrevistas

MENU
Logo
Sábado, 12 de junho de 2021

Naviraí

Naviraí Decreta Restrições para Conter o Avanço da Covid-19

Restrições para Conter o Avanço da Covid-19

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Município de Naviraí definiu restrições de circulação de pessoas para diminuir a disseminação do coronavírus através do contágio direto e indireto. O Decreto nº 94 com as novas normativas foi assinado, nesta quarta-feira (02-06), pela prefeita Rhaiza Matos e terá validade até o próximo dia 17 de junho. 

Antes de definir as medidas restritivas temporárias a prefeita Rhaiza Matos se reuniu com os vereadores, na sala de reuniões do Poder Legislativo, e discutiu amplamente a minuta do novo decreto. Rhaiza, inclusive, acatou sugestões de todos os vereadores que pediram a manutenção das missas, cultos e reuniões religiosas, desde que sejam obedecidas as regras determinadas anteriormente. 

O ponto mais restritivo do Decreto 94 proíbe o funcionamento de estabelecimentos comerciais a partir das 21h de sábado até às 5h de segunda-feira, para as vendas presenciais. Nestes horários, das 21h às 0h estão autorizados os atendimentos através de delivery. No domingo, das 5h às 21h está permitido sistema drive thru, com o consumidor retirando o seu pedido, mas, estando impedido de permanecer ou consumir no local. 

“Todos os demais protocolos estão mantidos, desde o uso de máscaras, distanciamento mínimo de 1,5m, lavar as mãos diversas vezes ao dia ou higienização com álcool 70° e, principalmente, só sair para aquilo que é inadiável e permitido. Continuam proibidos a qualquer hora o consumo de bebidas alcoólicas, tereré, narguilé e similares em vias públicas, calçadas e logradouros que não haja controle prévio”, pontuou o gerente Márcio de Figueiredo (Saúde). 

“Está ocorrendo uma evolução extraordinária de casos da Covid em nosso município e em todo o estado. A situação está assustadora. Estamos com a capacidade de atendimento muito acima dos limites chegando aos 240% de ocupação de leitos clínicos e 130% de ocupação de leitos de UTI. Portanto, essas regras mais restritivas servirão para brecarmos o contágio, impedirmos o colapso no sistema de atendimento e, sobretudo, medidas em defesa da saúde e pela vida”, justifica a prefeita Rhaiza Matos.

Participaram da reunião na Câmara de Vereadores, além da prefeita Rhaiza e os vereadores, o vice-prefeito Márcio Araguaia, os gerentes Fernando Ortega (Geral Executivo), Márcio de Figueiredo (Saúde), Priscilla de Oliveira (Gabinete), e Paulo Jacomeli Pereira (Procurador Geral do Município). 

Fonte/Créditos: Assessoria de Comunicação

Comentários: