Ativa Naviraí | Notícias, Imagens, Vídeos e Entrevistas

MENU
Logo
Sábado, 12 de junho de 2021

Policial

Universitário é preso em operação contra pornografia infantil na internet

Operação Luz da Infância é realizada em MS e outros 17 estados; Suspeito mantinha grande acervo de vídeos e imagens pornográficas de crianças

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Civil deflagrou, nesta quarta-feira (9), a Operação Luz da Infância 8, para combater crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet, em Mato Grosso do Sul e outros 17 estados.

Em Mato Grosso do Sul, são três mandados de busca e apreensão a serem cumpridos em Dourados, por meio da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Na cidade, universitário de 21 anos foi preso em flagrante por manter, sem caderno, um grande acervo de material com pornografia infantil.

O computador foi apreendido e será periciado. Já o suspeito foi encaminhado à 1ª Delegacia de Polícia Civil do município.

Ao fim do inquérito, ele pode ser indiciado por armazenamento e distribuição de imagens que contenha cena pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Luz da Infância

Uma operação tem como objetivo identificar crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.

Esta é a oitava edição da operação Luz da Infância, que é realizada desde 2017 e já cumpriu mais de 1.450 mandados de busca e apreensão e prendeu cerca de 700 suspeitos de cometerem crimes deste tipo em todo o Brasil.

Nesta quarta, além de Mato Grosso do Sul, mandados são cumpridos em São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Espírito Santo, Rondônia, Mato Grosso, Paraná, Ceará, Goiás, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Alagoas, Piauí, Bahia , Maranhão, Rio Grande do Sul e Amazonas.

Também há alvos na Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador.

A Operação faz parte de uma mobilização nacional, articulada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi).

Houve a colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Investigações de Segurança Interna (HSI), que ofereceu cursos, compartilhamento de boas práticas e capacitações.

Fonte/Créditos: Correio do Estado

Créditos (Imagem de capa): Notebooks e equipamentos eletrônicos contendo pornografia infantil foram apreendidos - Foto: Osvaldo Duarte / Dourados News

Comentários: